5 tipos de conteúdo para sua estratégia de marketing digital

Quando alguém fala em apostar em estratégias de marketing de conteúdo, é bastante comum pensar imediatamente em blogposts. Ainda que seja um tipo de conteúdo extremamente eficaz, ele está longe de ser o único.

Para educar a audiência, fortalecer a sua marca e conquistar mais clientes, você pode lançar mão de uma série de outras estratégias de marketing de conteúdo igualmente poderosas.

Na hora de eleger os tipos de conteúdo mais adequados para o seu negócio, é importante levar em consideração a sua persona e as preferências de seu público-alvo. Variáveis como faixa etária, uso de redes sociais e profissão podem ser determinantes na hora de desenvolver o planejamento.

Para criar uma estratégia de marketing de conteúdo muito mais rica, que não dependa exclusivamente dos blogposts, elencamos 5 tipos de conteúdo que você pode utilizar em seu marketing digital. Saiba quais são eles!

1. Ebooks, um dos tipos de conteúdo que mais geram leads

O ebook nada mais é do que um material rico sobre assunto de interesse da sua persona. Ele deve estar anunciado no seu site, mas só poderá ser baixado quando o usuário fornecer algumas informações pessoais, como nome e, principalmente, e-mail.

O ebook é uma das estratégias de conteúdo mais utilizadas para a captação de leads, ou seja, de pessoas que de alguma maneira demonstram interesse pelo seu produto ou serviço.

Em geral, o ebook deve ter o dobro do tamanho de seus blog posts. No entanto, não é só em número de palavras que esse tipo de conteúdo difere de suas postagens regulares. O ideal é que ele seja escrito e diagramado em formato de livro, com introdução, capítulos e conclusão.

Outra dica importante: se você quer fazer um ebook que realmente valha a pena ser lido e que prenda a atenção do seu usuário, é importante investir na diagramação. Aposte em uma formatação atraente, com boas imagens, ilustrações, gráficos e tudo que ajude a ampliar compreensão do texto.

2. Vídeos

Ainda pouco explorado pelos pequenos e médios empreendedores brasileiros, os vídeos são uma das maiores tendências do marketing de conteúdo na atualidade, despontando como um tipo de conteúdo altamente poderoso.

Tenha em mente que esse tipo de conteúdo não deve se parecer com um anúncio do seu produto ou serviço. Assim como acontece com seus blogposts, os vídeos devem ser informativos e ajudarem a resolver um problema da sua persona ao mesmo tempo em que contribuem para o fortalecimento da imagem da sua marca.

Para educar a sua audiência, invista em vídeos curtos, de no máximo 90 segundos. Lembre-se de que para começar a investir nesse tipo de conteúdo, é importante trabalhar com a mesma qualidade que você dedica ao seu material escrito.

Vídeos escuros, com áudio ruim, além de não engajarem, passam uma impressão de amadorismo do seu negócio e podem afetar a sua credibilidade.

3. Infográficos

Dinâmicos, os infográficos são uma excelente maneira de transformar um assunto mais complexo em material atraente e fácil de compreender. É um dos tipos de conteúdo que, quando bem feito, costuma ser amplamente compartilhado, gerando ótimo engajamento. Veja abaixo um bom exemplo:

COLOCAR IMAGEM INFOGRÁFICO

Para que isso aconteça, aposte na qualidade daquilo que você vai oferecer à sua audiência. O conteúdo precisa ser altamente informativo, mas não pode ser extenso demais. Já a formatação pede cuidados redobrados: mais do que clara e elegante, ela precisa cumprir seu papel na tarefa de facilitar a compreensão do leitor.

4. Social posts

Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn são as principais redes sociais do momento. Produzir conteúdo para pelo menos uma das quatro redes sociais é uma obrigação para qualquer empresa que queira fortalecer sua marca e apostar em marketing digital.

Só o Facebook, por exemplo, é acessado por 45% da população brasileira. É uma fatia de mercado que, definitivamente, não pode ser desprezada. O ideal é concentrar a sua produção naquelas redes que são mais acessadas pela sua persona.

Embora seja um excelente espaço para divulgar outros tipos de conteúdo, sua produção para esses espaços não precisa se limitar a isso. Você também pode produzir material interativo, que ajude a criar proximidade com seu público e a conhecê-lo melhor.

5. Podcasts

Podcasts são como programas de rádio gravados, e depois reproduzidos online, que você pode acessar a qualquer momento através de sites na internet ou de plataformas online, como o SoundCloud e o iTunes, por exemplo.

Fáceis de consumir e relativamente pouco explorados por quem trabalha com estratégias de marketing de conteúdo, os podcasts levam uma excelente vantagem quando comparados a outros tipos de conteúdo: podem ser consumidos sem que necessariamente o ouvinte tenha que parar o que está fazendo.

Em contrapartida, para que sua mensagem seja fixada na audiência, ela precisa ser realmente atrativa.  Antes de começar, elabore um roteiro com os pontos que serão abordados. Se o assunto for mais técnico, evite programas muito longos, de mais de 10 minutos.

A ideia é falar sobre temas relacionados ao seu produto ou serviço de maneira leve, que prenda a atenção do ouvinte. Deixe os assuntos mais complexos para outros tipos de conteúdo, que podem contar com apoio visual para facilitar a compreensão.

Gostou de saber que outros tipos de conteúdo você pode utilizar em sua estratégia para torná-la ainda mais eficaz? Então assine agora mesmo a nossa newsletter para receber informações sobre a área diretamente no seu e-mail!