Como fazer marketing de conteúdo que atraia clientes

Poucas estratégias são tão eficientes na atração de novos clientes como o marketing de conteúdo. De acordo com uma pesquisa realizada pelo provedor de medição de audiência comScore, nada menos que 74% dos usuários de internet no Brasil pesquisam sobre um produto ou serviço na web antes de comprá-lo.

Por isso, se a sua empresa não tem uma presença forte no mundo digital, ela perde uma fatia importante do mercado. E em tempos de crise, ninguém pode se dar ao luxo de desprezar um público tão expressivo, não é mesmo?

No entanto, marketing de conteúdo vai muito além de publicar textos no blog da sua empresa. Para que você possa atrair clientes e ver resultados expressivos, é importante ficar atento a alguns aspectos que podem fazer toda a diferença no sucesso da sua estratégia.

Pensando nisso, separamos algumas dicas essenciais para quem quer fazer marketing de conteúdo de resultados. Acompanhe!

Elabore um planejamento consistente

Se você quer que a sua estratégia de marketing de conteúdo atraia muitos clientes, nunca publique a primeira linha sem antes realizar um planejamento consistente.

Tenha em mente que nenhum texto é bom o suficiente se você não sabe para quem está falando. Por isso, o primeiro passo é definir sua persona. Diferente do público-alvo, a persona é um personagem fictício, baseado no seu potencial consumidor, com características como gênero, profissão, idade, motivações, desafios e preocupações.

A partir daí, fica mais fácil delinear o tipo de mensagem que você quer passar e definir a sua estratégia de conteúdo. Nessa etapa do planejamento, você já consegue escolher os temas mais adequados e sob que enfoque eles deverão ser abordados.

Com esse material em mãos, é possível elaborar pautas bem estruturadas, com briefing completo, que darão ao redator uma ideia clara de como o conteúdo deve ser desenvolvido para a obtenção dos resultados esperados.

Trabalhe com um time de conteúdo especializado

O tamanho do seu time de conteúdo vai depender do orçamento que sua empresa tem para investir na estratégia. No entanto, o ideal é que você trabalhe no mínimo com um editor e um redator.

O editor de conteúdo é o responsável por criar a estratégia, supervisionar o seu cumprimento e, em muitos casos, revisar a produção de conteúdo do redator, que precisa conhecer a fundo técnicas de SEO e webwriting .

Se você tem uma limitação orçamentária ou não quer  gerenciar uma estrutura própria, o ideal é contar com o apoio de uma agência de marketing ou consultoria. Essas empresas contam com profissionais especializados em marketing de conteúdo, que conhecem as melhores práticas e estão em dia com as novidades de um mercado em constante evolução.

Conheça as regras básicas de redação para marketing de conteúdo

Embora seja importante contar com um time de conteúdo especializado, é uma boa ideia conhecer algumas regras básicas de redação web para marketing de conteúdo, até para poder fazer uma avaliação geral do material produzido. Saiba quais são elas:

  • escreva frases e parágrafos curtos, de no máximo 6 linhas;

  • divida o assunto em intertítulos que atraiam a atenção do leitor e facilitem a compreensão do tema;

  • sempre que possível, coloque links para outros artigos do seu blog;

  • use a palavra-chave no título, no subtítulo, em pelo menos um intertítulo e ao longo do texto;

  • ao final de cada blog post, sempre escreva um call to action (CTA), ou seja, uma chamada para ação. Pode ser um convite para fazer comentários, para curtir a página da empresa no Facebook ou saber mais sobre o assunto em outro texto do site, por exemplo;

  • preocupe-se em criar textos claros e informativos, que ajudem a sanar as dúvidas do leitor.

Fique atento ao uso de imagens

Usar imagens nos materiais da sua estratégia de marketing de conteúdo ajuda a atrair a atenção do leitor, a aumentar o envolvimento com o tema e, em muitos casos, a facilitar a compreensão.

No entanto, é preciso estar atento a algumas regras. Só utilize fotos e outras imagens de bancos de dados gratuitos, produzidas pela sua equipe ou adquiridas de bancos de dados pagos.

Não caia na tentação de usar imagens retiradas da internet, já que elas podem estar protegidas por direitos autorais. Nesse caso, se o autor sentir-se prejudicado pelo uso do seu trabalho sem a devida autorização e pagamento, você estará sujeito às sanções previstas em lei.

Além disso, evite utilizar imagens muito pesadas, que demoram para carregar. Além de aborrecer o leitor, como o tempo de carregamento do site é um fator de ranqueamento do Google, isso pode acabar prejudicamento seus esforços de SEO.

Organize um calendário editorial

Ferramenta importante no planejamento do marketing de conteúdo, o calendário editorial não deve ser negligenciado pelos empreendedores que estão começando a investir na estratégia.

O documento traz um retrato fiel de todo material que já foi e que será produzido para o seu blog, com informações como assunto, palavra-chave utilizada, data de publicação, data de divulgação nas redes sociais e outras informações que o gestor julgar importantes.

Com a ferramenta, fica mais fácil organizar o seu plano de ação, entender quais assuntos funcionam melhor e realizar eventuais correções de rota. Além disso, conforme o blog vai crescendo, é mais complicado lembrar que temas já foram abordados e sob que enfoque. Por isso, quem faz esse controle desde o início ganha em organização e agilidade.

Gostou de conhecer nossas dicas de como fazer marketing de conteúdo que atraia clientes? Se você quiser receber mais novidades sobre o tema, não esqueça de assinar nossa newsletter agora mesmo!